Bispo

Nosso Bispo, Revmo. Eduardo Coelho Grillo nasceu em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, em 19 de novembro de 1964, no seio de uma família anglicana, filho de Telmo e Sally, irmão de Karla, Gerson e Karina… e bisneto de uma simpática senhora sueca, Naima Isaacson, que se tornou a primeira pessoa da família a adotar a Igreja Episcopal (Anglicana) nos primeiros anos do século XX. Foi batizado na Catedral da Santíssima Trindade, em Porto Alegre, onde sua família congregava. Confirmado aos 13 anos, logo se uniu-se ao grupo da mocidade (como se costumava chamar os jovens naquela época…) onde sempre foi bastante atuante. Primeiro em nível paroquial, depois diocesano.

Em 1982, com 17 anos, foi estudar História na universidade, um sonho interrompido em 1985 pela decisão entrar para o Seminário Teológico. Foram 4 anos de estudos e estágios pastorais, entre 1985 e 1988, no Seminário Teológico da Igreja Episcopal do Brasil, o antigo STIEB.

Foi ordenado diácono em 08 de janeiro de 1989 (em Porto Ale-gre) pelo Bispo Dom Cláudio Gastal, na Diocese Meridional e ordenado presbítero apenas sete meses depois, em 20 de agosto de 1989 (em Pelotas), pelo bispo Dom Luiz Osório Prado. Logo após a ordenação diaconal, em 1989, foi nomeado ministro encarregado da Paróquia do Divino Semeador, na cidade de Pelotas, por 4 anos. Em 1993, retornou à Diocese Meridional, onde foi Pároco da Paróquia da Ressurreição, em Porto Alegre, RS, por oito anos. Em maio de 2000, recebeu um convite do Bispo Celso Franco para se transferir para o Rio de Janeiro e substituí-lo como reitor na Paróquia de São Lucas, o que aconteceu em março de 2001.

Em 2001, Eduardo casou-se com Inamar de Souza, também clériga da IEAB, e vieram para o Rio de Janeiro, com Julia, março de 2001. Ainda no aprendizado de serem família, foram abençoados com a che-gada do Léo, em fevereiro de 2003.

Eduardo teve algumas experiências pastorais no exterior, em outras províncias da Comunhão Anglicana, nas dioceses de Oxford (Inglaterra), St. Andrew’s, Dunkeld and Dunblane (Escócia) entre setembro de 1989 e fevereiro de 1990. Em 1991, atuou por 4 meses na Diocese de Ottawa (Canada). No mesmo ano, esteve na St. John’s Church, Georgetown, em Washington D.C, nos Estados Unidos, por três semanas. Mais tarde, em 2009, teve a oportunidade de intercâmbio com a Diocese de Atlanta, nos Estados Unidos, no Programa de Companheirismo entre aquela diocese e a Diocese Anglicana do Rio de Janeiro.

Eduardo sempre esteve envolvido com Educação Teológica. Apenas dois anos depois de ordenado foi convidado, por seu bispo, para ser monitor das aulas de Teologia Moral Cristã no STIEAB. Já no ano seguinte, em 1992, passou a colaborar com aulas de Introdução à Teologia. Em seguida, tornou-se capelão assistente do Seminário. Ainda colaborou nas disciplinas de Teologia Pastoral, Liturgia, Introdução à Teologia Anglicana e Administração Paroquial. Colaborou também com o seminário sucedâneo, o SETEK, até 2000. Em termos provinciais, Eduardo colaborou por muitos anos na JUNET de 1997 até 2006 e foi escolhido pelo Sínodo da IEAB como Custódio do Livro de Oração Comum de 1997 a 2003.